23 de maio de 2017
| Luciana Lanzillo - Responsável Técnica

Asma e suas complicações

A asma é uma doença inflamatória crônica, caracterizada por hiper-responsividade das vias aérea inferiores e por limitação variável ao fluxo aéreo, reversível espontaneamente ou com tratamento, manifestando-se clinicamente por episódios recorrentes de sibilância, aperto no peito e tosse, principalmente à noite e pela manhã, ao despertar. Saiba mais!

18 de abril de 2017
| Luciana Lanzillo - Responsável Técnica

Vírus Sincicial Respiratório (VSR)

As infecções do trato respiratório inferior (ITRI), que são causadas pelo vírus sincicial respiratório (VSR) constituem um dos tipos de doenças mais frequentes e graves nos primeiros meses de vida, principalmente nas crianças com idade inferior a seis semanas e naquelas que são pré-termo. Saiba mais.

14 de março de 2017
| Luciana Lanzillo - Responsável Técnica

HIPERTENSÃO – O INIMIGO SILENCIOSO

A hipertensão arterial (HA) é considerada a mais importante das enfermidades não transmissíveis, devido à sua alta prevalência que preocupa tanto a medicina clínica quanto a Saúde Pública.

13 de fevereiro de 2017
| Luciana Lanzillo - Responsável Técnica

Fios de sutura e suas indicações

Os fios de sutura são materiais utilizados para selar vasos sanguíneos e aproximar tecidos. Surgiram e foram desenvolvidos ao longo dos séculos, em função da necessidade de controlar hemorragias e também de favorecer a cicatrização de ferimentos ou incisões por primeira intenção.

9 de janeiro de 2017
| Luciana Lanzillo - Responsável Técnica

Saiba quais são as diferenças entre Tubo Endotraqueal e Tubo de Traqueostomia e quando utilizá-los.

A medicina de emergência começa em qualquer situação na qual seja necessário manter as vias aéreas patentes e seguras. O procedimento de entubação traqueal é muito utilizado na prática clínica da enfermagem.

29 de novembro de 2016
| Luciana Lanzillo - Responsável Técnica

Cateterismo Urinário com Sonda de Foley

A sonda de Foley é um dispositivo médico-hospitalar, estéril, invasivo, utilizado para a realização da cateterização urinária, procedimento muito utilizado na prática clínica da enfermagem. Este procedimento consiste na inserção da sonda através da uretra até a bexiga, com a finalidade de drenar a urina de pacientes com problema de eliminação urinária ou procedimentos cirúrgicos. […]

3 de outubro de 2016
| Luciana Lanzillo - Responsável Técnica

Scalp e cateter periférico: você sabe qual é a diferença e quando utilizá-los?

O scalp que conhecemos deu origem ao cateter periférico, que é recomendada sua utilização por períodos prolongados ou que exijam a administração de medicamentos com maior risco de causar inflamações nas veias ou lesões na pele do paciente, enquanto o scalp é um dispositivo para curto prazo.