11 de Maio de 2017
| Mariana Achcar - Enfermeira Técnica

Exame de fezes: vou ou não vou à casa do Pedrinho?

O tabu e a inovação para exames de fezes e urina com um toque para conscientização

11 de Janeiro de 2017
| Redação - Labor Import

A picada de mosca que deixa as vítimas em sono profundo

A mordida de uma mosca tsé-tsé é uma experiência extremamente desagradável. Não é como a de um mosquito, que pode inserir sua fina língua diretamente no sangue, muitas vezes sem o alvo perceber: a boca dela tem minúsculas serrilhas que rompem a pele para poder sugar o sangue.

5 de Janeiro de 2017
| Redação - Labor Import

Arte pode revelar primeiros sinais de doenças como Parkinson e Alzheimer, diz estudo

Uma análise detalhada das pinceladas de artistas que mais tarde desenvolveram doenças neurológicas revelou intrigantes pistas sobre mudanças cerebrais ocorridas anos antes do surgimento dos sintomas óbvios desses males. O método matemático, que chama-se análise fractal, observa padrões recorrentes presentes tanto na matemática como no mundo natural. Padrões fractais podem ser encontrados, por exemplo, em […]

13 de dezembro de 2016
| Ariani Colombo - Gerente da Qualidade

A importância dos testes rápidos

  A procura por testes rápidos vem aumentado em razão da rapidez na ação a ser tomada e também pela melhoria no diagnóstico/triagem. A ampliação do acesso ao diagnóstico é um grande desafio aos programas de saúde pública. Os testes laboratoriais convencionais são extremamente complexos e necessitam de profissionais qualificados e uma estrutura laboratorial, além […]

20 de outubro de 2016
| Mariana Achcar - Enfermeira Técnica

Gravidez e a Curva Glicêmica: A importância da realização deste exame

O exame para saber se houve o desenvolvimento de diabetes durante a gravidez é solicitado por volta da 20ª ou 24ª semana de gestação, podendo ser prescrito conforme necessidade de investigação médica, proporcionando, assim, a segurança no controle da insulina produzida pelo organismo da mãe durante a gravidez.

12 de setembro de 2016
| Redação - Labor Import

“Achei que era indigestão. Mas estava tendo um infarto”

O relato, da britânica Claire-Marie Beroucheanos, simboliza uma perigosa realidade: cerca de 40% das mulheres que sofrem um infarto não sentem dor no peito.