Menu

Oxigenoterapia eficaz e sem dúvidas

20/12/17

A Oxigenoterapia, ou contração de oxigênio terapêutico, é uma técnica indicada para pacientes que possuem doenças pulmonares e que não dispõem de níveis satisfatórios de respiração, necessitando de um suporte extra de ventilação para obter uma melhor qualidade de vida.

O oxigênio é indispensável para a sobrevivência de todos seres vivos. No método de respiração, o ar que respiramos possui 21% de gás oxigênio. A oxigenoterapia é indicada para elevar ou manter acima de 90% o nível desse gás, que é trocado entre o sangue e os tecidos.

Se você conhece alguém com cateter tipo óculos conectado em um cilindro de oxigênio ou você é esta pessoa, segue uma lista de dúvidas frequentes sobre este procedimento.

  • A oxigenoterapia pode ser feita em casa?

Sim, com o auxílio do concentrador de oxigênio, que é o objeto que armazena moléculas de oxigênio sob a forma de gás comprimido. O tratamento deve ser indicado para uso domiciliar, com simples manuseio, contemplando um design fácil para se movimentar, guardar e transportar, permitindo que o paciente leve o equipamento para onde quiser.

  • Preciso de oxigênio extra quantas horas por dia?

Em alguns casos, os pacientes só utilizam o oxigênio suplementar para dormir ou realizar atividades físicas. Tudo vai depender da orientação do seu médico.

  • Vou utilizar oxigênio para sempre?

Tudo depende do caso e do estado clinico do paciente, além da indicação médica. Os pacientes que necessitam de oxigênio extra para tratar uma doença crônica, devem usá-los sempre. Aqueles que precisarem usar durante uma infecção, por exemplo, podem reduzir e até cessar o uso nos casos de melhora do quadro clínico. É bom lembrar que o paciente nunca deve reduzir ou parar sua oxigenoterapia por conta própria. Em todos os casos, o médico deve ser consultado.

  • Quais são os tipos suplementares de oxigênio?

Existem três tipos: concentrador, sistema líquido ou pressurizado em cilindro de metal. A escolha leva em conta o tempo que você precisa utilizá-lo, além do local onde você mora, custos e demais restrições.

  • O que devo fazer quando for viajar?

É preciso planejar com antecedência e cuidado para viajar com o oxigênio extra. Já existem concentradores de oxigênio portáteis para essas ocasiões, mas antes consulte as políticas de viagem disponíveis nas companhias de transporte para que ele não falte durante suas viagens, mesmo em casos de atrasos ou emergências. É importante manter uma cópia da prescrição médica de oxigênio extra, além de números de emergências para ligar caso necessário.

cânula nasal

FONTE:

CPAPS – Apneia do Sono e Terapia Respiratória

Jornal Brasileiro da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia – 04/2012

- As opiniões aqui expressas são as do autor e não refletem necessariamente as da Labor Import. A empresa não assume qualquer responsabilidade por erros nas informações aqui contidas, nem por qualquer dano que possa decorrer do uso delas ou da confiança nelas.
  • Se preferir, escolha o assunto :)

  • Tags

  • Posts Recentes



  • Avise-me quando chegar Nós vamos lhe informar quando o produto chegar em nosso estoque. Basta deixar seu email abaixo.
    Email Nós não vamos compartilhar seu email com ninguém.