Menu

Exame de fezes: vou ou não vou à casa do Pedrinho?

11/05/17

O tabu e a inovação para exames de fezes e urina com um toque para conscientização

exame
Coletor de Fezes e Urina – ColOff

Em 2007, uma jogada de marketing de uma marca de aromatizantes para banheiro lançou uma nova fragrância e, com esta sacada, a frase: “– Mãe, quero fazer cocô! Mas eu quero ir na casa do Pedrinho” ficou nacionalmente conhecida e tornou-se uma sátira para os indivíduos no momento em que vão fazer o famoso “número dois”, mesmo não sendo na casa do famoso Pedrinho.

Todos tendem a ter certo desconforto quando recebem a solicitação do médico, requisitando exames, e que incluem o exame de urina e fezes. Uma das razões para a falta de ânimo nesse tipo de coleta é a quantidade de amostra que deve ser colocada em potinhos e, em alguns casos, com a necessidade de armazenado em geladeira devido ao horário da coleta e a entrega da amostra para ser analisada.

O exame parasitológico de fezes (EPF) permite, claramente, a detecção de agentes bacteriológicos, como: Salmonella, Singhella, Campylobacter, Escherichia coli e Vibrio cholera, além de revelar sangue oculto nas fezes, o que possibilita o diagnóstico precoce de câncer colorretal, que é uma investigação extremamente importante para pacientes que apresentam algum desconforto na região abdominal de maneira persistente.

Alguns estudos no Brasil mencionam a prevalência de câncer colorretal com números altíssimos devido a não prevenção e a falta de conhecimento e tabus não esclarecidos sobre o tema. Numa pesquisa realizada pelo Instituto Nacional do Câncer, este tipo de câncer provocou mais de 14 mil mortes e estima-se que cerca de 32.600 novos casos da doença foram constatados em 2014.

Algumas novas estratégias surgiram para facilitar a coleta de urina e fezes e estão transformando e inovando os laboratórios que acompanham a tecnologia e as mudanças mercadologias, fatos cada vez mais rápidos e constantes neste mundo globalizado e competitivo, em que prevê oferecer conforto e praticidade para seus clientes.

Nessa 24ª Feira + Fórum Hospitalar do ano de 2017, a empresa Labor Import, pertencente ao Grupo Bunzl Saúde Brasil, em sua linha de produtos Diagnósticos e Laboratoriais aposta em um novo produto chamado ColOff. É um método de coleta de fezes e urina inovador, seguro e higiênico, que permite auxiliar o diagnóstico de câncer colorretal entre outras patologias, através de um revestimento de assento sanitário produzido em plástico, que facilitará a coleta da amostra biológica para análises diagnósticas de fezes e urina.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que indivíduos após os 50 anos de idade devem fazer exames simples para pesquisa de sangue oculto nas fezes, com o intuito de detectar precocemente pólipos ou um câncer com 99% de chances de cura. Visando praticidade, comodidade e conforto desses pacientes, a aposta na comercialização desse novo produto inovará laboratórios, clínicas, hospitais e a vida desses clientes, que não se sentem à vontade para “ir à casa do Pedrinho”.

Referências:

INCA – Instituto do Câncer

Ministério da Saúde

Instituto Oncoguia 2017

 

Encontre aqui Coletor de Fezes e Urina – ColOff

 

- As opiniões aqui expressas são as do autor e não refletem necessariamente as da Labor Import. A empresa não assume qualquer responsabilidade por erros nas informações aqui contidas, nem por qualquer dano que possa decorrer do uso delas ou da confiança nelas.


Avise-me quando chegar Nós vamos lhe informar quando o produto chegar em nosso estoque. Basta deixar seu email abaixo.
Email Nós não vamos compartilhar seu email com ninguém.